Câncer do Aparelho Digestivo

A especialidade da cirurgia do  aparelho digestivo é responsável por cuidar de toda a parte que envolve a extensão do intestino, como esôfago, estômago, intestino (grosso e delgado) e reto.

Além disso, o tratamento também pode englobar outros órgãos, como vesícula biliar, apêndice, pâncreas, suprarrenal, baço e fígado.

Assim, as principais operações realizadas são de cálculos na vesícula; hérnias inguinais e da parede abdominal; doença do refluxo no esôfago com hérnia de hiato; diverticulite do cólon; e tumores do trato gastrointestinal.

A cirurgia pode ser de duas formas:⠀

  • Laparotomia: Corte no abdômen e manuseio com visão direta. Ela ajuda a identificar os problemas que, durante a operação, podem ser corrigidos.

  • Laparoscopia: Menos invasiva. O manuseio é feito por pinças com a visão sendo por microcâmeras. Ela é benéfica de diversas formas, como menos dor no pós-operatório; e menor incidência de infecção e hérnia incisional. Isto facilita na reabilitação com um retorno mais rápido do paciente para suas atividades profissionais.
WhatsApp chat